24 de dezembro de 2010

Dor e Amor

“Amor
O mais puro sentimento.”
Será ?

Será que há mesmo o que chamamos “amor” ?
Se há , ao certo , é mesmo puro ?
Quem sabe ? “ Eu não” vos digo
Mas  não acredito ser tão puro
Sentimento responsável por tal dor
A infestar o coração de tantos homens

Seria o amor masoquista ?
A mim parece
Quanto mais machuca, mais cresce
E assim segue um ciclo
Infinito, incansável
Entre espinhos e promessas
De crescer mais forte o amor

Todavia o agradeço
Mesmo se mera ilusão
Pois a dor que ele carrega
A tantos traz inspiração
À belas rimas e poemas
Versos lindos e canções

Nenhum comentário:

Postar um comentário