26 de junho de 2011

Verdades Absolutas



Suas opiniões, suas ideias, você. É o que te define, é o que te faz ser humano pensante. Análises, debates, trocas de argumentos. A síntese de tudo isso, é você. Mas pra continuar sendo você por inteiro, outros seres humanos, pensantes ou não, precisam aprender que a Verdade, é um conceito relativo. E que certo e errado são ditados pela nossa Sociedade, pela nossa cultura. E culturas existem aos montes. Todas diferentes, com valores e crenças que não são iguais às outras. 

E por acaso, essas culturas, que diferem da sua, estão erradas? Se você acha que sim, me diga, por que elas estão erradas? E se elas estão, o que faz da sua, ser certa? Com tantas religiões espalhadas por aí, afirmando que a salvação só é obtida atraves delas, que são as únicas corretas, já parou pra pensar no que é a verdade? No que é possível? No que leva cada pessoa a crer em algo? Se há tanta gente vivendo sob circustâncias diferentes, sob verdades diferentes, não é normal pensar que toda verdade é ilusória? Seja na religião, na criação dos filhos, no modo de agir perante os outros. Mas se toda verdade é ilusória, o que determina o que somos e o que fazemos de certo e errado?

O ser humano precisa de valores. Precisa crêr em algo, que o faça agir da forma que haja. Precisa determinar o certo, precisa limitar suas ações de acordo com o que acredita. O problema todo começa quando essa crença se torna, na mente de seus adeptos, forte demais, superior demais. E começa a ser tratada como a verdade absoluta que nos traz tantos problemas. Quando alguém acha que está plenamente certo, e todos os outros estão errados, esse alguém irá tentar convencer todos de que eles estão vivendo no erro, que eles não devem seguir isso, que não devem acreditar no que acreditam, que não podem ser assim porque não é bom, de acordo com essa "verdade". E então, a tão amada liberdade, de pensar, de se expressar, de Ser, fica ali, oprimida, presa à conceitos relativos.

Parar pra refletir não mata. Analisar o mundo e seus componetes, respeitar opiniões alheias, não faz mal a ninguém. Se você tem sua forma de encarar a vida, sua maneira de pensar, é sua obrigação perceber que o que você acredita não é válido pra todos. Que há casos e casos, que cada um vive de acordo com o que adquiriu ao longo dos anos, com o que foi aprendido a partir de observações, de vivências e também de tradições. O respeito é necessário para que a paz entre seres humanos exista. A reflexão é necessária para que haja um conflito dentro de si mesmo, trazendo, desse conflito, novas formas de pensar, novas ideias, novas percepções. Nossa história é vasta, nossa filosofia, ampla, nossa forma de viver, questionável. E verdades absolutas não existem. O que existe, é a verdade de cada um. Que deve ser tratada com o respeito que merece, mesmo que seja completamente diferente da sua.

Nenhum comentário:

Postar um comentário