30 de abril de 2012

Chove chuva...


Nesse exato momento deveria estar estudando pras duas provas que tenho essa semana. Não estou. Por mais que a situação esteja apertada acho sempre necessário fazer as coisas sempre com prazer, com gosto. Sem isso, do que adianta chegar onde quer que se queira chegar? Enfim, que se danem esses professores que amam estragar os feriados alheios e marcar provas uma em cima da outra (pelo menos por alguns instantes, ainda tenho amor ao meu CR). Eu já estou completamente liso e fodido porque é fim de mês e meu dinheiro sempre acaba antes do mês, o que eu quero agora é escrever um pouco. Então vamo que vamo porque eu não faço idéia do que falar aqui. \m/

Enfim, hoje é Segunda-Feira, dia tipicamente frustrante pelo fato de vir após o Domingo e decretar o fim do final de semana. Apesar disso, esta é uma segunda atípica. Em primeiro lugar, amanha é o feriado do Dia do Trabalho, então invés de decretar a volta à minha rotina semanal, ela se torna uma extensão do final de semana. Em segundo lugar, esta chovendo O DIA TODO, o dia esta tão cinza e com a temperatura tão distante do que eu costumo encontrar aqui no Rio de Janeiro que me faz sentir de volta a São Paulo.

É sério, já estou começando a ficar puto com essa situação. Não é que eu não goste da chuva ou não esteja acostumado com ela ou com o friozinho que ela trás, sou de Santo André e mesmo com o tempo como esta estou de bermuda e regata no meu quarto com o ventilador ligado. Mas já estou de saco cheio de ter que ficar usando meus cabides não para pendurar minhas roupas no armário, mas para pendurar espalhadas pelo quarto as roupas que lavei e precisam secar.
Pra quem estiver meio perdido, não me conhece, chegou ao meu blog por alguma mensagem do além ou coisa do tipo, vamos a alguns fatos:

       1)      Eu estudo de segunda a sexta, e pra escapar de dois professores, um que tinha certeza que me causaria problemas e outro que achava que talvez fosse ser problema, peguei aulas em dois turnos diferentes.
       2)      Como moro longe do campus que estudo (Moro na Ilha do Fundão e estudo no campus da Praia Vermelha), não há como ir e voltar da minha casa nos horários livres.
       3)       Os ônibus internos que levam de um campus a outro tem horários fixos de saída (12h e 12h15 para ir para a PV e 19h ou 22h15 para voltar da PV).
       4)      Há três dias na semana onde eu tenho aula de tarde e a noite, e dois dias que tenho que tenho apenas a tarde.
       5)      Tenho problemas de insônia a anos, dia após dia dormir a noite é quase que uma guerra para mim, e, a menos que eu fosse extremamente masoquista, sacrificar meus raros momentos de sono pela manhã para fazer tarefas domésticas esta fora de cogitação, pois tenho que encarar uma rotina de sair de casa 12h e voltar 23h.

Enfim, acho que isso explica um pouco o porquê de eu sempre deixar as tarefas domésticas sempre para o final de semana não é? O problema é quando, semana após semana, esta sempre chovendo nos dias onde eu deveria estar lavando a roupa e colocando-a no varal. Na moral, isso já ta ficando tão chato e repetitivo quanto ver o Vasco ser vice. Oh Lei de Murphy, da pra parar com a brincadeira que já ficando sem graça, por favor?

Nenhum comentário:

Postar um comentário